Grandes pessoas

"Cada um é aquilo que sonhou ser e lutou para se transformar" (Milena Oliveira)

sábado, 12 de fevereiro de 2011

O poder do amor

Eu me lembro com detalhes daquela manhã
Cada palavra que ouvi de você
Já estava tudo armado e eu sem esperar
Te vi chorando fiquei sem entender
Sei que existe outra pessoa, mas vim tentar
Faço o que quiser pra você voltar

Paixão eu sei que ainda é tempo
Pra gente se acertar
Eu sei que esse gesto vai trazer você pro nosso lar
Palavras vão no vento
Te perder não deu, não dá
Aprendi com você que sempre acreditou
Nos milagres do amor

Eu me lembro dos nossos planos, saudade
Suas promessas de jamais me deixar
Dos nossos sonhos se tornando realidade
No fundo você vai se lembrar

Será que existe outra pessoa, ou me enganei
Esse amor tem mais poder que pensei

Paixão eu sei que ainda é tempo
Pra gente se acertar
Eu sei que esse gesto vai trazer você pro nosso lar
Palavras vão no vento
Te perder não deu, não dá
Aprendi com você que sempre acreditou
Ôêoow

Vim pra te fazer lembrar
Que sempre te amei pra valer
Perdão não queria chorar
Entenda eu só vou ser feliz com você

Eu sei que esse gesto vai trazer você pro nosso lar
Palavras vão no vento
Te perder não deu, não dá
Aprendi com você que sempre acreditou
Nos milagres do amor....

Faces do amor

O amor nasce nos olhos e habita bem no coração
Cresce na esperança e morre na ingratidão
O amor vem sem aviso,sem a gente esperar
Nas asas de um sorriso ou na flecha de um olhar

O amor chega de um jeito que nem dá pra perceber
Um gesto um toque um beijo e tudo tem de assim perder
São coisas que o corpo não pode entender

O amor é lamento,que traz o tormento
O amor tem várias digitais,o amor é mar que não tem cais
O amor é muito mais

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Tocando Em Frente

 

Ando devagar
Por que já tive pressa
E levo e se sorriso
Por que já chorei de mais.

Hoje me sinto mais forte
Mais feliz quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco eu sei, que nada sei.

Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs


É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir.


Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a massa,
Ir tocando em frente.

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Vou trocando os dias
Pela longa estrada eu vou, estrada eu sou.


Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs

É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir.


Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
No outro vai embora


Cada um de nós compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
De ser feliz.


Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs

É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir.


Ando de vagar
Por que já tive pressa
E levo e se sorriso
Por que já chorei de mais.


Cada um de nós compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
De ser feliz.


Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs

É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir.


Cada um de nós compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
 De ser feliz...


                    Composição: Almir Sater e Renato Teixeira

 


 


Pra Você Guardei o Amor

Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que aprendi vem dos meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que o arco-íris
Risca ao levitar

Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar


                                                                   Nando Reis